João Andrade

João Andrade nasceu em Ponta Delgada, São Miguel, Açores. Estudou com Shelley Ross, na Academia de Música da Ribeira Grande e no Conservatório Regional de Ponta Delgada, concluindo o 8º grau no Conservatório Regional de Ponta Delgada e o 12º ano na Escola Secundária Antero de Quental em regime articulado no curso de instrumento, e em Lisboa com Aníbal Lima, pedagogo incontornável do panorama violinístico português, diplomando-se pela Academia Nacional Superior de Orquestra.

João Andrade tem vindo a beneficiar do contacto com importantes personalidades nacionais e internacionais como Zakhar Bron (Escola Superior Rainha Sofia, Madrid), Serguei Kravchenko, Alexander Trostiniansky (Conservatório Tchaikovsky de Moscovo), Boris Garlitsky (Conservatório Superior de Música e Dança de Paris, Hochschule für Musik und Theater, Hamburgo), Danusha Waskiewickz (Orquestra Filarmónica de Berlim), entre outras, tendo frequentado a Meadowmount School of Music, Nova Iorque, Estados Unidos da América, na classe de violino de Gerardo Ribeiro e de música de câmara de Steven Rochen, Mellisa Kraut, Kathryn Votapek, Patricia McCarty. A convite de Lucia Hall, assistente de Dora Schwarzberg em Viena de Áustria, actuou no «Casalmaggiore International Summer Festival», Cremona, Itália, trabalhando com personalidades como Lucia Hall, Nai Yuan Hu e Mikhael Voskresensky.

Apresentou-se em recitais a solo e música de câmara na Sala Margarida Magalhães de Sousa do Conservatório Regional de Ponta Delgada, Teatro Ribeiragrandense, Salão nobre do Teatro Micaelense, Palácio Foz e Jardim de Inverno no Teatro S. Luiz em Lisboa com pianistas como António Teves, Ana Paula Andrade, Svetlana Michaeva Pascoal, Alexei Eremine, sendo nomeado para a categoria «Revelação» pelo jornal «Correio dos Açores» nos «Mais dez de 2009» pelos seus recitais com o pianista russo Alexei Eremine no Teatro Micaelense. Já se apresentou em Portugal, Espanha, França, Itália, Bélgica, Estados Unidos da América e Brasil.

Em 2011 foi semi-finalista no concurso internacional «Jovens Violinistas 2011» em Lisboa e no concurso da RTP/RDP «Prémio Jovens Músicos 2011 – Violino, Nível Superior».

Apresentou-se como solista à frente da Orquestra de Câmara de Ponta Delgada e Horta Camerata, nos Açores, em obras para violino e orquestra de A. Vivaldi, W. A. Mozart e L. van Beethoven.

Foi escolhido em 2009 para concertino assistente da Orquestra Sinfónica Académica Metropolitana, 2º Estágio Nacional de Orquestra, sob a direcção de Michael Zilm, e em 2013 para o Estágio Gulbenkian para Orquestra, sob a direcção de Joana Carneiro, organizado pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Tem vindo a colaborar com a Orquestra Gulbenkian, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra de Câmara Portuguesa, entre outras.

Desde Setembro de 2014, é professor de violino da sua classe da Escola de Música do Colégio Moderno, em Lisboa.

veja também

Ana Beatriz Manzanilla

Ana Beatriz Manzanilla

Violinista venezuelana, membro da Orquestra Gulbenkian desde 1996. Fundadora e diretora artística da Camerata Atlântica, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *